Biografia e Livros de Simone Müller Cardoso


Simone Müller Cardoso nasceu em 19 de Fevereiro de 1964, é gaúcha natural de Passo Fundo, poetisa, psicóloga, professora e psicopedagoga.Especialista em psicologia clínica e psicologia escolar pelo Conselho Regional de Psicologia.
Escreve livros desde os oito anos de idade tem trabalhos nas categorias, conto, crônica, poesia, romance e ficção infantil.
Aos 11 anos obteve o 4º lugar, em concurso estadual na categoria conto, promovido pelo Grupo Literário Nova Geração.
Trabalhou durante dez anos na Prefeitura Municipal de Montenegro, nas áreas: Educação e assistência social.Atua na Prefeitura Municipal de Caxias do Sul na área de saúde desde 2008.É membro da comissão de políticas públicas e colaboradora do conselho regional de psicologia-Subdsede Serra.Também é representante desse no Comdim-Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.Além de atuar na área clínica desde 1987, ministra regularmente cursos, oficinas e palestras na serra gaúcha e no Vale do Caí.É membro licenciado da Academia Passo-Fundense de Letras e da Associação Montenegrina de Escritores.Durante 7 anos, foi colaboradora do jornal Diário da Manhã de Passo Fundo, escrevendo na coluna dominical de poesias.("Ser Jovem" 1976 à 1982).Autora do livro de poesias Uma Gota de Vida(1982), lançado com idade de 18 anos e prefaciado por Mário Quintana integrante da antologia poética Poetas Brasileiros Hoje (1986).


Livros



Uma Gota de Vida

Editora: Editora Berthier

Categoria: Poesias

Sinopse

Livro com poesia selecionadas da autora desde os 12 anos de idade.




Um Olhar para Dentro

Editora: Lorigraf

Categoria: Psicologia

Sinopse

A qualidade de nossa relação com as pessoas depende da maneira como vemos, sentimos, pensamos e agimos no mundo.Nossas ações e reações tem relação estreita com o nosso mundo interior.Assim, quanto mais conhecimentos tivermos sobre a nossa própria interioridade, maior será a integração com a realidade e melhor será a qualidade da convivência pessoal.


Biografia e Livros de Jeferson Giacomelli


É casado com Liane e pai do Gabriel e da Paula. Formado em letras, pós-graduado com especialização em literatura, é professor de 1°, 2° e 3° graus. Escritor alternativo, teve destacada participação nos jornais locais como cronista e articulista, integrando iniciativas e movimentos culturais. Escreveu duas peças de teatro infanil "Entre o céu e a Terra" e "Heitor, o leitor". Participou das antologias "Moderna Antologia da Poesia Montenegrina", "Rebento" e "Sementes Literárias".

1998- Dois (Poesia Adulta)
2001- Há mais coisas entre o céu e a terra ( poema infantil ilustrado)
2003- Colheita Estranha ou Agricultor Transgênico (poesia infantil)
2004 - Na luta disfarçado de poeta (poesia adulta)
2008 - Adroalda (estórias e contos infanto - juvenis)
2011 - É normal dois rapazes jogando freescobol? (poesia infantil)

Foi patrono da 6ª feira do livro de Montenegro em 2008.

Livros

Colheita Estranha
(ou o Agricultor Transgênico)

Editora: Althaus

Categoria:
Poesia Infantil



Na Luta Disfarçado de Poeta

Editora: Althaus
Categoria: Poesia






Num Universo Clandestino

Editora: Independente

Categoria: Poesias de Jeferson Giacomelli e Pedro Stiehl

Sinopse

Criam-se nas esquinas, nas praças, nas fábricas, nos botecos. Nutrem-se dos problemas concretos do povo. Com suas virtudes e seus defeitos( que o leitor sensível encontrará a seu tempo).

Há Mais Coisas Entre o Céu e a Terra

Editora: La Salle

Categoria: Infanto-juvenil

Sinopse

O livro destaca a importância da discussão dos conceitos filosóficos com as crianças: o que é o certo, o errado? Quantas vezes acertamos errando ou erramos acertando? Nessa contundente metáfora que é HÁ MAIS COISAS ENTRE O CÉU E A TERRA, prestemos atenção no despojamento da linguagem, nas repetições sintáticas, nos paralelismos estilísticos, nas ressignificações, nos contrastes e antíteses. Enfim, é a maestria do escritor Jeferson Giacomelli e seu inconfundível estilo.

Adroalda
(erro comum ocorre)


Editora: Althaus

Categoria: Literatura Infanto-Juvenil


Sinopse

Adroalda não é um personagem.
É um espírito de estado,
uma pensação qualquer.
É e não é (comum), depende de cada um!



É normal dois rapazes jogando Frescobol?

Editora: Althaus

Categoria: Poesia Infantil 2011

Total de visualizações de página