Projeto "Escritor Montenegrino em Sala de Aula"


Apresentação:

Visando enriquecer a programação da Feira do Livro de Montenegro , convidando os escritores locais, a fazerem parte do projeto Pré- feira do livro, intitulado "O Escritor Montenegrino na Sala de Aula" que consiste em divulgação de suas obras nas escolas.

Objetivo

Nosso objetivo é que seja trabalhada a formação de público e fomentado o intercâmbio e a qualificação da produção artística, com ações de literatura que incentivem a leitura.

Estas ações serão trabalhadas nas escolas no período que antecede a Feira do Livro, com a apresentação do Escritor Montenegrino e suas obras.Após, as produções serão apresentadas pelos alunos durante a Feira do Livro ao escritor, mediante agendamento prévio para um Encontro com o Escritor, podendo ser bate-papo, uma palestra e/ou oficina.
Desta forma estaremos instigando os estudantes a uma ação literária cultural completa.


Atividades:

As atividades previstas para este projeto são:

1-Cada escritor enviará um mini currículo e informará a faixa etária de seu estilo literário para a comissão da Feira do Livro;

2-Os mini-curriculos serão entregues as escolas interessadas em participar do projeto, que por sua vez irá escolher o escritor e informar a professora de literatura que irá se responsabilizarem trabalhar o livro na sala de aula;

3-Haverá um encontro com o autor escolhido e a professora de literatura antes do escritor ser apresentado à turma;

4-O Escritor terá 2 encontros com a turma que irá trabalhar com o seu livro, na sala de aula para apresentar-se e apresentar seu livro e na feira do livro para receber o retorno da turma sobre o processo de leiturae conclusão das atividades realizadas.

5-Na Feira do Livro, as turmas, acompanhadas de seus professores, poderão apresentar seus trabalhos de maneira livre e criativa.

Da Comissão:

A comissão se compromete em fazer o contato com as escolas, professores de literatura e agendamento conforme a agenda do escritor e horários das turmas.

Das Escolas:

A escola se compromete em desenvolver um projeto de leitura relacionada à obra literária do escritor escolhido; Envolver alunos e professores nas atividades na escola, através do contato com o escritor, da aquisição do livro e leitura, da produção literária( criação de textos, esquete, teatro, história em quadrinhos...) e participação previamente agendada, nas atividades de culminância deste projeto.






























Visita à Biblioteca

24 de Agosto
EMEI Gente Miúda
Participação da Hora do Conto - Os Dez sacizinhos




26 de Agosto

AABB
Participação da Hora do Conto, visita ao Telecentro e Acervo






13º Encontro Regional de Responsáveis por Bibliotecas Públicas e Escolares

Abertura do Encontro - 18/08


Palestra - Literatura: Ouvir, ler e produzir histórias
Escritor André Neves


Palestra - "Saúde Vocal para os Profissionais da Educação"
Fonoaudióloga Liliam Adriana Baron Ziembowicz


Apresentação - Hora do Conto
Biblioteca Pública





Oficinas - 19/08

Oficina 01 - Pronto Socorro do Livro
Oficineiras: Âna B.H.K. Reck e Walquiria Endres Bauer



Oficina 02 - História em Redondinhos
'Como deixar suas aulas menos quadradas'
Profª Márcia Raquel Martiny - Licenciada em Letras



Oficina 03 - Projetos de Leitura e Produção de Texto
Profª Ângela Inês Wolgemuth Marques - Licenciada em Letras



Oficina 04 - Criando Materiais para Contar Histórias
Oficineiras: Sandra Born e Dilvan Alves



Oficina 05 - Organização de Bibliotecas
Oficineira: Alexandra Flores - Bibliotecária



Encerramento do 13º Encontro


Poemas da Semana

Eu escrevi um poema triste
Mario Quintana


Eu escrevi um poema triste
E belo, apenas da sua tristeza.
Não vem de ti essa tristeza
Mas das mudanças do Tempo,
Que ora nos traz esperanças
Ora nos dá incerteza...
Nem importa, ao velho Tempo,
Que sejas fiel ou infiel...
Eu fico, junto à correnteza,
Olhando as horas tão breves...
E das cartas que me escreves
Faço barcos de papel!



Poema de Vinícius de Morais

Eu sei e você sabe
Já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe
Que a distância não existe
Que todo grande amor
Só é bem grande se for triste
Por isso meu amor
Não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos
Me encaminham a você.
Assim como o Oceano, só é belo com o luar
Assim como a Canção, só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem, só acontece se chover
Assim como o poeta, só é bem grande se sofrer
Assim como viver sem ter amor, não é viver
Não há você sem mim
E eu não existo sem você!



Atitude – Cecilia Meireles

Minha esperança perdeu seu nome...
Fechei meu sonho, para chamá-la.
A tristeza transfigurou-me
como o luar que entra numa sala.

O último passo do destino
parará sem forma funesta,
e a noite oscilará como um dourado sino
derramando flores de festa.

Meus olhos estarão sobre espelhos, pensando
nos caminhos que existem dentro das coisas transparentes.
E um campo de estrelas irá brotando
atrás das lembranças ardentes.

Pesquisa Telecentro 2010

Quais cursos você gostaria que o Telecentro oferecesse à comunidade?
Envie um e-mail para:

Sexta-Feira 13

A Sexta-Feira no dia 13 de qualquer mês, é considerada popularmente como um dia de azar.O número 13 é considerado de má sorte. Na numerologia o número 12 é considerado de algo completo, como por exemplo: 12 meses no ano, 12 tribos de Israel, 12 apóstolos de Jesus ou 12 signos do zodíaco. Já o 13 é considerado um número irregular, sinal de infortúnio. A sexta-feira foi o dia em que Jesus foi crucificado e também é considerado um dia de azar. Somando o dia da semana de azar (sexta) com o número de azar (13) tem-se o mais azarado dos dias.

Encontro com a Literatura

Hora do Conto: A verdadeira história da Chapeuzinho Vermelho Autores: Agnesi Baruzzi e Sandro Natalini Contada por: Sandra Born e Emily Kuhn Data: 11/08/2010 Público: Escola Cinco de Maio

Projeto: Interdiciplinar
Escola: Cinco de Maio
Título: É preciso saber viver? O que precisamos para cuidar da vida?
Professoras: Mara Rosangela Ribeiro e Lissandre Brand




Feira do Livro


8ª Feira do Livro de Montenegro
3ª Feira do Livro do Vale do Caí

Data: 05/10 à 09/10/2010

Local: Praça Rui Barbosa de Montenegro


Estão abertas as inscrições para a Sessão de Autógrafos.

Escritores locais e regionais que quiserem participar da feira com lançamentos de livros e Sesões de Autógrafos devem entrar em contato com a Biblioteca Pública Municipal Hélio Alves de Oliveira para preencher a ficha de inscrição.

Ficha de Inscrição para Sessão de Autógrafos:

Nome:
Endereço:
Telefone:
E-mail:
Título da Obra:
Gênero da Obra:
Sugestão de Dia e Horário:
Assinatura:


Informações Gerais

Incrições até o dia 31 de Agosto na Biblioteca Pública
Capitão Cruz, 2150 - Centro - Montenegro - RS / CEP 95780-000

Informações pelo Telefone: (51) 3632-5202

A ficha de inscrição pode ser enviado por e-mail, pelo correio ou pessoalmente na Biblioteca Municipal.

Poemas da Semana

OS POEMAS - Mario Quintana


Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam vôo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso
nem porto;
alimentam-se um instante em cada
par de mãos e partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhado espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti...

Total de visualizações de página